Saulo Meneghetti

Saiba mais sobre este talentoso ator, modelo e garoto-propaganda de várias marcas

 

Por Marisa De Lucia

 

Como classificar este artista que impressiona com sua beleza exterior e interior, para quem o conhece bem, e que, como ele mesmo diz, respira arte no seu dia a dia?

saulo-trocar01

 

Modelo, ator, músico e artista plástico desde os 2 anos de idade, Saulo Meneghetti trabalha também como garoto-propaganda, faz comerciais, editoriais de moda e publicidade. Saiba como ele concilia tudo isso em entrevista exclusiva para nosso site.<i>Um ator que respira arte no seu dia a dia…

Além de modelo, ator, artista plástico desde os 2 anos de idade e músico, Saulo Meneghetti trabalha também como garoto-propaganda de muitas marcas, faz comerciais, editoriais de moda, campanhas e publicidade.

saulo-trocar02

 

Saiba como ele concilia tudo isso acompanhando a entrevista exclusiva para nosso site.

Marisa De Lucia – Além de ator, você é cantor e artista plástico. Quando e como iniciou seus trabalhos?

Saulo Meneghetti – Acho que não teve um começo propriamente dito, me vejo artista desde que me conheço por gente, não foi uma escolha minha, a arte que me escolheu quando nasci. Desde pequeno sempre tive muita certeza de que queria seguir a carreira de ator, movimentava a escola, os amigos, para encenarmos peças de teatro. Aos 14 anos, decidi me dedicar realmente a isso, comecei a estudar dramaturgia, fiz vários cursos e workshops e entrei para uma Companhia de Teatro do Rio Grande do Sul, Gralha Azul.

Passei então a viajar com espetáculos e, depois disso, nunca mais parei. Aos 18 anos, me mudei para São Paulo e hoje vivo entre a ponte aérea Rio-São Paulo. O envolvimento com a música foi algo que aconteceu depois, sempre gostei de cantar, mas não me considero um cantor profissional. Sou um ator que canta, me formei em Teatro Musical no ano passado, fiz também aulas de preparo vocal e participei de Musicais e de um grupo de Performances de dança, canto e encenação.

saulo-entrevista02

 

MDL – Li que você começou a pintar com apenas dois anos de idade? O que gostava de pintar? Quem descobriu esse teu talento?

Saulo Meneghetti – Comecei a pintar com dois anos de idade e, como tudo que faço, sempre ponho muita intensidade. A pintura era algo meio incontrolável, eu não queria fazer outras coisas como estudar, tomar banho, comer, só queria pintar. Então, meus pais tomaram o cuidado de dosar isso, o que foi muito bom, porque acabei depois me envolvendo com teatro. Logo que eu comecei a pintar já desenvolvi um estilo muito particular, as misturas de cores, traços. Amigos dos meus pais, arquitetos e artistas plásticos logo repararam em minha arte e me incentivaram. Lembro de um deles dizer que eu, com 3 anos de idade, fazia traços de perspectiva que ele sofreu pra aprender no curso de Arquitetura e Urbanismo.

Lembro também que quando eu era proibido de pintar por não querer cumprir com as outras tarefas, eu pegava escondido os livros de receita da minha mãe, blocos de recibos do supermercado do meu avô, e desenhava. O bacana é que temos esse material todo guardado até hoje. Por volta dos meus 12 anos, comecei a comercializar minhas pinturas, vendi algumas para fora do país, participei de exposições, feiras de arquitetura e decoração. Hoje em dia, continuo vendendo minhas telas, pois é um trabalho que não quero nunca deixar de fazer, me acalma, me realiza, e é um pouco mais de mim que posso distribuir por aí.

saulo-entrevista03

 

MDL – Como consegue conciliar tudo isso? Sobra tempo para o lazer?

Saulo Meneghetti – Às vezes o cansaço toma conta. Quando acumulo muitos compromissos na mesma semana, o mês acaba ficando apertado, mas procuro me organizar, gosto de me empenhar ao máximo nos trabalhos que faço. Mesmo assim, nas folgas, eu tenho meus refúgios, minha casa em São Paulo, a casa da minha mãe no Sul, minha avó no Rio de Janeiro em Paraty, que é uma cidade que me encanta muito e sempre que posso vou até lá, aliviar a tensão.

MDL – E por falar em lazer, quais as atividades que você prefere, pratica algum esporte?

Saulo Meneghetti – Como a minha agenda é bem corrida, opto por uma programação mais leve, ficar em casa, receber amigos, descansar, visitar a família. Também, sempre que possível, acompanho minha namorada em seus shows. Quando eu era mais novo, treinava basquete e natação. Atualmente, pratico duas horas por dia musculação.

saulo-entrevista04

 

MDL – Parece que você está gravando também um filme na Europa. Pode adiantar alguma coisa sobre este filme?

Saulo Meneghetti – Na verdade, ainda não comecei a filmar. Estou fazendo laboratório de personagem. As gravações começam em abril do ano que vem em Paris. Trata-se de uma história real muito intensa e meu personagem é o protagonista da trama. Ainda não estou autorizado a divulgar muitas informações sobre o filme, mas por ser uma história polêmica, posso adiantar que é um dos grandes desafios que tive em minha carreira.

MDL – De tudo o que você faz artisticamente, tem algo que te atrai mais ou está tudo no mesmo nível?

Saulo Meneghetti – É difícil classificar o que na arte me faz melhor, tudo me atrai, todas as formas de arte, posso dizer que respiro arte no meu dia a dia.

Saulo Meneghetti já fez as novelas Mutantes na Record, Vende-se um Véu de Noiva e Revelação no SBT e Tempos Modernos na Globo.

E, em breve, deverá retornar… Aguardem!

 



comment closed