Xô Barriga!

Como secar a barriga evitando certos alimentos

 

Por Marisa De Lucia

 

Sem dúvida alguma, os exercícios físicos, os tratamentos estéticos e uma boa alimentação garantem uma cintura definida, porém, a ingestão de alguns alimentos pode provocar distensão abdominal temporária.

 

 

emagrecimento1

 

Confira abaixo quais alimentos incham a barriga:

 

 

Produtos industrializados

Macarrão pronto, embutidos, biscoitos e refrigerantes contêm substâncias químicas capazes de sobrecarregar o fígado e a vesícula. Com isso, aumentam as chances de armazenamento gordura, principalmente, no abdômen, região onde temos mais receptores de insulina.

Açúcar

O excesso de açúcar no organismo se transforma em energia de reserva e aumenta a quantidade de gordura abdominal. Isto porque a sacarose causa o desequilíbrio da flora intestinal, fazendo que as bactérias prejudiciais se proliferem. Procure consumi-lo bem menos.

Massas e Pão Branco

Feitos com farinha refinada, os pães brancos e as massas fornecem um carboidrato que leva à fermentação e produção de gases, provocando a distensão abdominal. Procure consumir pães e massas integrais que, inclusive, são ricos em fibras.

Refrigerantes

A quantidade de gás e açúcar presente no refrigerante ajuda a estufar a barriga. Procure, pelo menos no dia a dia, por sucos de frutas naturais.

Feijão

O grão do feijão contém carboidratos que são metabolizados pelas bactérias presentes na parte baixa do trato digestivo, podendo causar gases e flatulência. Mas devido ao seu grande valor nutricional, não o elimine da dieta. Apenas consuma-o moderadamente.

Couve-Flor e Repolho

Esses dois vegetais contêm compostos sulfurados capazes de aumentar a produção de gases, inchando a barriga.

Laticínios

Para quem tem intolerância à lactose, o consumo pode gerar flatulência e diarreia. Opte por leite de cereais à base de arroz  e quinoa; leite de sementes como girassol  e gergelim; e procure consumir oleaginosas à base de extrato de soja, amêndoas, castanha-do-pará.

Afinal, para manter a boa forma todo cuidado é pouco, não é mesmo?



comment closed